18.9.12

17.9.12

Gino Chiellino: nota biográfica



Gino Chiellino, nasceu em Carlopoli, na Itália, em 1946. É poeta, tradutor e professor titular de Literatura Comparada da Universidade de Augsburg, na Alemanha. Publicou vários livros de poesia, entre eles Mein Fremder Alltag, Sehnsucht nach Sprache, Equilibri estranei, Sich die Fremde nehmen. Publicou também coletâneas de ensaios sobre literatura intercultural e editou antologias, estas sob o nome de Carmine Chiellino. Tem diversos poemas publicados em antologias internacionais. Chiellino foi um dos primeiros autores da hoje chamada literatura intercultural alemã. Os poemas aqui publicados foram retirados de Mein Fremder Alltag  (Meu cotidiano estrangeiro) e de Sich die Fremde nehmen (Tomar a diversidade). Ele vive na Alemanha há mais de 30 anos.

14.9.12

Gino Chiellino: De amor



De amor 

conheceram-se
num barzinho
ele falava um alemão cantado
ela foi mais solta do que ele
jamais ousara imaginar
e acharam tudo ótimo

depois, chamaram isso de amor
andavam sempre juntos

quando terminou
nem imaginavam que
este amor
tinha sido uma troca:
uma dose de exotismo
por um pouco de integração


* * *


Es Liebe

sie hatten sich in einer Kneipe
kennengelernt
er sprach ein singendes Deutsch
sie war freier als er
zu hoffen gewagt hatte
beide fanden es toll

später nannten sie es Liebe
taten viel zusammen

als es zu Ende war
ahnten sie nicht dass
ihre Liebe
ein wenig Exotik gegen
ein bisschen Integration
gewesen war


Tradução: Fabiana Macchi


13.9.12

Gino Chielino: Não escrevo em alemão



ich schreibe kein Deutsch
meine Sprache gehorcht euch nicht

sie denkt mich nach vorne

ohne Kindheit fällt es ihr leicht
mich näher zu bringen

und dort sich die Fremde nehmen


* * *


não escrevo em alemão                                             
minha língua não vos obedece

ela me pensa para diante   

sem infância lhe é fácil
levar-me para mais perto

e aí tomar a diversidade


Tradução: Fabiana Macchi

Publicada na revista alemã de tradução literária Molsak 3.2, 2000, Germersheim.